Amano inicia a montagem do maior NATURE AQUARIUM do mundo

O aquário é montado no Oceanário de Lisboa. São incríveis 40 metros, com 160 mil litros de água doce. As informações a seguir são do site do oceanário.

O Oceanário de Lisboa inaugura, em abril, a nova exposição temporária, “Florestas Submersas” by Takashi Amano.

A exposição apresentará o “mundo” das florestas tropicais e dos seus sistemas aquáticos que, através de um deslumbrante “nature aquarium”, levará os visitantes a sentirem a magnificência destes ecossistemas como se fizessem parte do seu equilíbrio e a envolverem-se na sua conservação.

As florestas tropicais são dos habitats mais ricos e diversos da Terra. Apesar de ocuparem menos de seis por cento da superfície do planeta, mais de metade da biodiversidade existente vive nestas áreas de floresta pristina, algumas ainda intocadas e intangíveis para a maioria.

O Oceanário cria, através da exposição “Florestas Submersas”, uma experiência de pura envolvência com estes ambientes de uma forma única e poderosa, onde a arte, a beleza e a natureza se juntam na perfeição.

A peça principal desta exposição nasce do convite ao mais famoso aquascaper, Takashi Amano, para criar o maior “nature aquarium” do mundo, com 40 metros de comprimento e 160 mil litros de água doce. A visão artística e conceptual deste mestreaquascaper japonês é uma interpretação da natureza das florestas tropicais que revela a grande energia do seu equilíbrio.

Takashi Amano, introduziu as técnicas de jardinagem japonesas e o conceito wabi sabi no design de aquários plantados, conhecidos por “nature aquariums”. A sua obra recria a beleza da (im)perfeição da natureza moldada pelo tempo, oferecendo uma experiência de contemplação, relaxamento, e simplicidade.

Após o grande sucesso da primeira exposição temporária “Tartarugas Marinhas. A viagem.”, que recebeu mais de 2 milhões de visitantes, o Oceanário apresenta agora uma nova exposição que cria sensações e emoções e extravia os visitantes do seu quotidiano para um universo precioso, a origem da vida.

Um novo motivo para (re)visitar o Oceanário de Lisboa!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s